19 agosto, 2009

Como criar clones de suas máquinas virtuais com o VirtualBox

Clonar suas máquinas virtuais pode ser útil não apenas quando se deseja criar várias máquinas virtuais pré-configuradas a partir de uma única instalação. Acima de tudo, clonar suas máquinas virtuais é uma maneira eficaz e segura de fazer backup das mesmas, principalmente quando elas são utilizadas como ambiente de testes.

Você deve estar imaginando que clonar uma máquina seria simples, pois bastaria dar um Ctrl+c no arquivo original e um Ctrl+v para colar e, assim, teríamos dois arquivos com o mesmo conteúdo, ou seja, um backup da mesma. Pois é, se você fizer isso, a sua cópia não irá rodar no VirtualBox.

Isso ocorre porque cada disco virtual criado recebe um número de identificação (UUID) específico, o qual é armazenado dentro da própria imagem do disco. O VirtualBox somente carrega discos virtuais unitários, o que significa que se você usou a técnica Ctrl+c/Ctrl+v, você terá criado uma cópia com o mesmo UUID do disco original e, portanto, o VirtualBox se recusará a carregar uma das imagens.

Para poder realizar uma clonagem de um disco virtual, o VirtualBox disponibiliza o utilitário VBoxManage, o qual possui diversas funcionalidades, e é chamado por meio da linha de comando. Para clonar um disco virtual você deverá seguir os seguintes passos:

1. acesse a pasta do VirtualBox com o comando no terminal:

cd /home/seu_login/.VirtualBox/HardDisks

2. chame o programa VBoxManage seguido dos parâmentros necessários:

VBoxManage clonehd nome_disco_a_ser_clonado nome_do_clone

No meu caso, se eu desejar clonar meu disco virtual do Windows XP, os comandos seriam:

cd /home/trinity/.VirtualBox/HardDisks
VBoxManage clonehd WinXP.vdi WinXP_backup.vdi

Note que:

VBoxManage = nome do utilitário
clonehd = tarefa (copiar o hd)
WinXP.vdi = nome do meu disco virtual que desejo clonar
WinXP_backup.vdi = nome que será dado ao clone

Assim que o disco começar a ser clonado, você poderá acompanhar o seu andamento pelo próprio terminal por meio da indicação da porcentagem de trabalho concluído. Ao terminar, vá até a pasta onde os discos são armazenados:

/home/seu_login/.VirtualBox/HardDisks

Nota: para visualizar qualquer pasta ou arquivo que comece com ".", como em .VirtualBox, pressione Ctrl+h, pois esses arquivos/pastas são ocultos.

Perceba que um novo arquivo foi criado com o nome especificado nos parâmetros. Note também que o tamanho desse arquivo é exatamente o mesmo do disco virtual que foi clonado, pois trata-se de uma cópia fiel do mesmo (com todos os programas e configurações existentes quando do início da clonagem), mas possuindo um UUID diferente.

7 comentários:

  1. Por que toda essa complicação e não um import / export appliance?

    ResponderExcluir
  2. Uma opção seria exportar a máquina virtual:
    VBoxManage export vm -o vm.ovf

    ResponderExcluir
  3. tambem prefiro exportar pelo proprio menu Arquivo, já usei até Ctrl+C e funcionou.....

    ResponderExcluir
  4. Sim, o ctrl+cc e ctrl+v, no arquivo .VDI, funciona sem problemas, já o fiz mais de uma vez e nunca apresentou problemas, inclusive com mudança de versões da máquina virtual e também de arquitetura (32/64 bits).

    ResponderExcluir
  5. marcellus || wolfdart14 de dezembro de 2009 09:32

    Opa, deu certo aqui! Tanto a dica do post como a dica dos comentários!

    \o/

    ResponderExcluir
  6. ctrl+c e ctrl+v + arquivo.vdi, funcionou beleza aqui

    ResponderExcluir
  7. O problema que tenho aqui é que me aparecem 2 arquivos .vdi, um deles é o mais recente, com nome {***}.vdi, copiar os 2 seria a solução?

    A dica já me serviu!
    Sucesso!!

    ResponderExcluir